Índices: Brent: $28.41

16/04/2020 — Quinta-feira

Índices:
Brent: $28.41 o barril– queda de 4%
Dólar: R$ 5,242 — alta de 1% (maior valor desde 6/abril que foi R$ 5,292)
Esalq: R$ 1.505 por m³ — queda de 1,15%

O petróleo Brent registrou quedas, o acordo da Opep, apesar de positivo para equilíbrio de preço, não tem o poder de reduzir a oferta suficiente para compensar as perdas a curto prazo.

Com a alta do dólar, o índice externo de gasolina do Golfo (México) fica alinhada com o valor da Petrobrás. Porém a estatal ainda está abaixo do índice Rbob (o outro índice externo de acompanhamento do derivado). 
Em geral esses 2 índices caminham nos mesmos patamares, mas isso mudou recentemente com o do Golfo ficando em patamares mais baixos que Rbob.

Isso faz com que tenhamos um cenário ambíguo: possibilidade de alta ou redução da Petrobrás, dependendo do índice que ela vá acompanhar.

Com isso, nossas orientações sobre produtos e compras são:

Derivados:
Muito embora exista a possibilidade de uma alta por conta de um dos índices de acompanhamento estar acima (Rbob), acreditamos que haverá uma estabilização de preços por enquanto. Devido ao histórico da Petrobras de sempre operar abaixo desses índices e a questão do estoque elevado.
Neste cenário sugerimos comprar apenas o necessário para o consumo atual diário do seu posto.

Etanol:
. As usinas abriram hoje com valores ainda elevados de venda.
. A Esalq abriu com 2º dia consecutivo de queda.
Mantemos a previsão de queda desses valores que devem se estabilizar por volta de R$1,82 — R$1,83 para venda, como algumas distribuidoras já abriram o mercado hoje.
Cenário igual ao de derivados, comprar somente o necessário para o consumo atual diário do seu posto.

Deixe uma resposta

error: Content is protected !!