Principais Índices:  Brent: $29.54

05/05/2020 — terça-feira

Principais Índices:
 
Brent: $29.54 o barril– alta de 18% 
 WTI: $ 23.71 o barril — alta de 16%
 Dólar: R$ 5,5190 — alta de 1,28%
 Esalq: R$ 1. 446,50 por m³ — alta de 1,83%

Mercado:
O barril de petróleo, que ontem teve queda, apresenta agora uma boa alta. 
No caso do WTI, temos o dado que de no porto de Cushing/Oklahoma (EUA) foi apontado o estoque de 1,8 milhões de barris, menor índice de estoque desde março. Isso sinaliza uma retomada de demanda
Outras notícias corroboram para essa retomada. Hong Kong, estado da California e Espanha começaram a relaxar o lockdown e reabrir o comercio. Isso trouxe um otimismo do mercado.

Isso se reflete também nos índices das gasolinas importadas. Rbob aumentou para $0,87 e a do Golfo $ 0,69. Somada a alta do dólar, a Petrobrás teria espaço para aumentar seu preço, mesmo comparada com a do Golfo — que ainda está $0,28 mais cara.

Ontem houve muita especulação sobre a CIDE e taxação da importação, se realmente o governo iria oficializar, mas devido a diversos setores que reagiram negativamente à notícia, este assunto não foi decidido e o governo ficou de estudar a questão. Ou seja, não tem nada certo sobre essa mudança.
 
Diante dessas informações do mercado, nossa leitura e orientação por produto são as seguintes:

Gasolina:
Cada vez mais a paridade de valor da gasolina da Petrobrás e da importada está diminuindo. Isso, em condições normais de mercado, certamente traria um aumento de tabela. Porém, com a situação de crise do Brasil, pode ser que não aconteça ou que seja um aumento menor do que teria espaço para subir.

Cenário para compras moderadas para os próximos 2–3 dias.

Etanol:
Estamos trabalhando com 2 cenários, um com o aumento da CIDE sendo aprovado e outro sem essa aprovação.

No cenário de aumento da CIDE, conforme falamos ontem, a tendência é de aumento de preço. Considerando 60% da paridade com a gasolina, o valor de equilíbrio do Etanol seria de 1,85 e chegando em alguns dias até a R$ 1,99–2,00

Sem CIDE, nosso cenário atual, as usinas ontem fizeram negociações a R$ 1,72 (reflexo ainda da euforia com a notícia da CIDE) o que torna o preço de equilíbrio hoje para o Etanol de R$1,85. Porém com tendência de queda podendo ficar em patamares de R$ 1,80 nos próximos dias.
 
Cenário ainda incerto, a ser acompanhado. Existem 2 possibilidades opostas de tendência. Compras moderadas para os próximos 2 a 3 dias.

O Panorama Pronto é realizado pela equipe de Inteligência de Mercado do Pronto Combustíveis. Monitoramos diversos índices nacionais e internacionais bem como o mercado de distribuição de combustíveis.
São projeções e orientações baseadas nesses estudos.
Em geral, nossas previsões estão em linha com o que tem acontecido, mas vale reforçar que, como qualquer previsão econômica, não são certeza que irão acontecer.
É uma ferramenta para ajudar o posto bandeira branca a programar melhor suas compras.

Garanta o recebimento desse relatório todos os dias, mande um email para pronto@prontocombustiveis.com.br. OU se você tiver um posto bandeira branca entre para nosso grupo de discussão do whatsapp clicando aqui!

Deixe uma resposta

error: Content is protected !!