Petrobras pode subir preços novamente a qualquer momento

Terça-Feira, 02 de Junho de 2020

Principais Índices:
Brent: $38,32 o barril– alta de 1,26%
WTI: $35,14 — queda de 0,15%
Dólar: R$ 5,38 — alta de 0,94%
Esalq: R$1.657,00 por m³ — alta de 2,79%

O mercado esteve muito volátil durante esta segunda-feira. Porém, no fechamento do dia, o Petróleo não sofreu grandes variações e não apresentou direção única. Na Bolsa de Nova York, o WTI recuou 0,15%. Já em Londres, a referência global do Brent subiu 1,26%.

No inicio da manhã de ontem, os preços caiam devido a piora no relacionamento entre os Estados Unidos e a China e a situação tensa nas principais cidades americanas. No entanto, confirmou-se ao longo do dia, a antecipação da reunião da Opep+ para o dia 4 de junho. Com a expectativa da extensão dos cortes de produção, o mercado se recuperou até o fechamento.

Os preços internacionais do petróleo estão em alta na manhã de hoje, no momento, sobem aproximadamente 2,5%. Isso porque, perto do horário de fechamento ontem, repercutiu-se a notícia que Donald Trump e Vladimin Putin conversaram sobre o acordo da Opep+ e concluíram que o pacto levará à “restauração da demanda e à estabilização dos preços”.

Em relação a gasolina, o mercado também fechou sem direção única. O Rbob variou +4,0%, alcançando US$ 1,10. Enquanto isso, o Golfo caiu 1,0%, para US$ 0,9517. Com a variação de ontem, a Petrobras permanece praticamente no mesmo patamar. O prêmio está em -13%, representando uma diferença de R$ 0,20 centavos. Desse modo, a expectativa de um novo aumento ainda nesta semana é forte. O esperado é que este seja entre R$ 0,05 – R$ 0,10 centavos. Observe o gráfico abaixo:

Paridade BR x Índices RBOB e Golfo

Em relação ao Diesel, o produto importado apresentou uma variação mínima, de apenas US$ 0,01 centavos. Com isso, o prêmio se manteve muito próximo a paridade, -0,3%, representando uma diferença de – R$ 0,01 centavos entre os produtos. Nota-se pelo gráfico a seguir que a Petrobras busca estar acima da paridade, apresentando um prêmio positivo. Dessa forma, mantêm-se a expectativa de um novo aumento. No entanto, como a paridade está próxima, a posição é confortável e a Petrobras pode optar por realizar o reajuste mais para frente.

Paridade BR x Diesel Importado


Considerando as informações acima, recomendamos os seguintes comportamentos de compra:

Derivados

Gasolina
Continua a forte expectativa de aumento da Petrobras. Pode acontecer a qualquer momento.

Diesel
Historicamente a Petrobras altera com menos frequência os preços do Diesel, porém também é esperado um aumento do derivado – dada a tendência de alta com os fatores explicados acima. A pressão é menor em comparação com a Gasolina, mas tem possibilidade de acontecer em breve.

Etanol

O Etanol abriu a R$ 2,00 hoje. Considerando um novo aumento da Petrobras, na faixa de R$ 0,05 a R$ 0,10 centavos, espera-se que o Etanol alcance o patamar de R$ 2,03 a R$ 2,04.

Vale ressaltar a extrema volatilidade do mercado e como o cenário pode mudar em um curto período. Mais uma vez, a leitura diária deste relatório é muito importante.

Quer fazer as melhores compras de combustível? Cadastre-se no nosso app e, além de receber esse relatório diariamente, você acessa preços de mais de 20 distribuidoras do mercado: clique em https://prontocombustiveis.online/PanoramaMercado

O Panorama Pronto é realizado pela equipe de Inteligência de Mercado do Pronto Combustíveis. Monitoramos diversos índices nacionais e internacionais bem como o mercado de distribuição de combustíveis.
São projeções e orientações baseadas nesses estudos.
Em geral, nossas previsões estão em linha com o que tem acontecido, mas vale reforçar que, como qualquer previsão econômica, não são certeza que irão acontecer.
É uma ferramenta para ajudar o mercado a programar melhor suas compras.

Deixe uma resposta

error: Content is protected !!