Preços internacionais da gasolina sobem e aumentam a pressão para a Petrobras acompanhar

Sexta-feira, 05 de Junho de 2020

Principais Índices:
Brent: $39,99 por barril– alta de 0,50%
WTI: $37,41 por barril — alta de 0,32%
Dólar: R$ 5,13 — alta de 0,89%
Rbob: US$ 118,23 por galão — alta de 2,65%
Golfo: US$ 105,15 por galão — alta de 3,92%
Esalq: R$1.677,50 por m³ — alta de 0,06%

Os preços internacionais do Petróleo se mantiveram praticamente estáveis nesta quinta-feira. Os investidores estão aguardando os países da Opep+ decidirem sobre a possibilidade dos cortes de produção serem prorrogados.

A extensão dos cortes, que estava levando bastante otimismo ao mercado nos últimos dias, não é mais uma certeza para o mercado. Mesmo com o acordo entre sauditas e russos para prorrogar por mais um mês, os investidores estão receosos com o comportamento de outros países, principalmente a Nigéria e o Iraque. Em meio a este cenário, a reunião da Opep+ não aconteceu ontem.

Em relação a gasolina, os índices apresentaram ganhos expressivos nesta quinta-feira. O Rbob subiu 2,65%, enquanto o Golfo variou em +3,92%. Somando a uma alta do dólar em 0,89%, o prêmio entre a Petrobras e os índices importados aumentou consideravelmente: 17% – uma diferença negativa em R$ 0,27 centavos entre os produtos. O patamar atual está no mesmo nível do cenário em que a Petrobras realizou seu último aumento, no dia 27/05. Portanto, a pressão para um novo aumento é alta. Pode acontecer a qualquer momento. Observe o gráfico abaixo.

Paridade BR x Índices Importados


Em relação ao Diesel, o produto importado não sofreu variações significativas, subiu apenas em 0,08%. Com isso, houve um impacto muito leve no prêmio entre o produto importado e o nacional. Este está em 1%, representando uma diferença de + R$ 0,01 centavos entre os produtos. Acima da paridade, a Petrobras segue em um patamar de conforto e não há uma forte pressão para realizar um novo aumento no produto a curto prazo. Observe o gráfico abaixo.

Paridade BR x Diesel Importado

Com as informações acima, recomendamos os seguintes comportamentos de compra:

Derivados

Gasolina
A paridade está no mesmo patamar do último aumento da Petrobras. Todos os sinais apontam para um aumento a qualquer momento.

Cenário ideal para compras máximas.

Diesel
O Diesel continua em um patamar relativamente confortável para a Petrobras. Com isso, há uma menor expectativa para um aumento a curto prazo.

Cenário propício a compras moderadas.

Etanol

O Etanol abriu a R$ 2,04 – R$ 2,05 hoje. Como tudo indica para um novo aumento da Petrobras, a expectativa é que o Etanol continue subindo.

Cenário propício a compras máximas, principalmente em negociações abaixo de R$ 2,05.

Vale ressaltar a grande volatilidade do mercado e como o cenário pode mudar em um curto período. Mais uma vez, a leitura diária deste relatório é muito importante.

Quer fazer as melhores compras de combustível? Cadastre-se no nosso app e, além de receber esse relatório diariamente, você acessa preços de mais de 20 distribuidoras do mercado: clique em https://prontocombustiveis.online/PanoramaMercado

O Panorama Pronto é realizado pela equipe de Inteligência de Mercado do Pronto Combustíveis. Monitoramos diversos índices nacionais e internacionais bem como o mercado de distribuição de combustíveis.
São projeções e orientações baseadas nesses estudos.
Em geral, nossas previsões estão em linha com o que tem acontecido, mas vale reforçar que, como qualquer previsão econômica, não são certeza que irão acontecer.
É uma ferramenta para ajudar o mercado a programar melhor suas compras.

Deixe uma resposta

error: Content is protected !!