Etanol: Usinas mantém os preços e Distribuidoras com altos níveis de estoque

Quinta-Feira, 09 de Julho de 2020
Panorama – Pronto Combustíveis – Principais Índices

Os índices internacionais do petróleo fecharam em uma leve alta nesta quarta-feira. Os investidores conseguiram sustentar os preços, mesmo com uma alta inesperada nos estoques semanais da commodity nos Estados Unidos.

A principal justificativa para os ganhos de ontem está relacionada a queda dos níveis de estoque da gasolina. Segundo a Administração de Informação sobre Energia (AIE), houve uma queda de 4,8 milhões de barris na última semana, enquanto a demanda avançou para 8,8 milhões de barris por dia.

Ainda sobre a gasolina, os índices internacionais também variaram positivamente. No entanto, houve um recuo no dólar, em – 0,79%. Com isso, a paridade entre o produto nacional e o produto importando praticamente não variou. O prêmio permanece em – 12%, em uma diferença de – R$ 0,22 centavos. Com isso, ainda há um espaço para uma nova alta da Petrobras, que busca a paridade com os índices internacionais. De acordo com o histórico dos últimos meses, em que a PB não realizou dois reajustes na mesma semana, estimamos que há uma maior probabilidade deste acontecer na semana que vem.

Paridade Petrobras x Índices RBOB e Golfo

Em relação ao Diesel, o índice internacional recuou, em – 0,95. Combinado com a queda do dólar, o prêmio entre o produto nacional e o estrangeiro se deslocou em direção a paridade. Hoje está em – 6,78%, representando uma diferença de – R$ 0,13 centavos. No entanto, continua sendo um cenário bastante desconfortável para a Petrobras, que historicamente, buscou praticar um prêmio positivo. Desse modo, os fatores econômicos apontam para uma alta do Diesel em breve.

Paridade Petrobras x Diesel Importado

Derivados

Gasolina
O cenário internacional segue indicando para um novo aumento da Petrobras no curto/médio prazo.

Diesel
A Petrobras está ainda mais pressionada no Diesel. Também espera-se uma nova alta!

Etanol

O Etanol ficou entre R$ 2,08 – R$ 2,09 ontem. As melhores negociações saíram a R$ 2,07.
O mercado continua em um cenário que as Usinas mantêm os preços, sem abrir margem para que as distribuidoras realizem negociações muito abaixo do patamar atual. Consequentemente, estas estão tendo dificuldade para acelerar as vendas e liberar o estoque.

Fontes do mercado nos informaram que há filas de caminhões das Usinas para descarregar nas bases de distribuição. Com os altos níveis de estoques, há um problema de espaço para armazenamento do Etanol adquirido.
Vale ressaltar que no curto/médio prazo, há uma tendência de nova alta na gasolina, como apontamos ao decorrer deste relatório.

Quer fazer as melhores compras de combustível? Cadastre-se no nosso app e, além de receber esse relatório diariamente, você acessa preços de mais de 20 distribuidoras do mercado: clique em https://prontocombustiveis.online/PanoramaMercado

O Panorama Pronto é realizado pela equipe de Inteligência de Mercado do Pronto Combustíveis. Monitoramos diversos índices nacionais e internacionais bem como o mercado de distribuição de combustíveis.
São projeções e orientações baseadas nesses estudos.
Em geral, nossas previsões estão em linha com o que tem acontecido, mas vale reforçar que, como qualquer previsão econômica, não são certeza que irão acontecer.
É uma ferramenta para ajudar o mercado a programar melhor suas compras.

Deixe uma resposta

error: Content is protected !!