PB reduz preço dos derivados, mas não tira a pressão de queda.

Quarta-Feira, 09 de Setembro de 2020

Cenário

A tendência de queda nos petróleos se manteve no dia de ontem. O Brent caiu pelo quinto dia consecutivo e já acumula mais de 10% de queda em setembro. Tal movimento baixista ganhou força após a estatal da Arábia Saudita, Saudi Aramco, divulgar redução em seus preços de venda para Outubro, sinalizando assim, redução na demanda por seu produto.

O dólar se valorizou 1,14% em dia de aversão a risco no mercado internacional.

A gasolina do Golfo teve fortíssima queda de -7,24%. Como sinalizamos ontem, a PB reagiu a concretização da tendência de queda dos índices internacionais e reduziu o preço da gasolina brasileira. Assim, o spread chegou a ficar em R$0,05 antes da redução e terminou o dia em -R$0,03 centavos, com o prêmio de -1,7%. O spread se encontra em patamar próximo da paridade. A gasolina já apresenta alta de mais de 1% na abertura do mercado, levando o combustível ao patamar de equilíbrio. Fique atento às mensagens de alerta da Pronto durante o dia!

O diesel também tombou forte, em -6,84%. Com a redução da PB, o prêmio ficou em 8,4% e o spread se manteve R$0,14 centavos. Desta forma, o combustível continua em patamar onde há espaço para outra redução pela PB. O diesel internacional apresenta alta de mais de 1% na abertura do mercado, mas essa apreciação ainda não tira o derivado do cenário de baixa.

O etanol seguiu a queda da gasolina e reduziu -1,22% no dia de ontem. Assim, o preço do hidratado chegou em R$1858,00/m³, o que transmite um custo de R$2,295 na base.

Análise

Gasolina
A PB tem o histórico de deixar o spread entre -R$0,05 e -R$0,07 centavos, segundo a série histórica de preços da petroleira desde 2017. Desta forma, o spread de -R$0,03 permite uma redução pela PB. Porém, com a alta da abertura do mercado, o spread ficaria em -R$0,05.

Diesel
No Diesel, o spread continua acima da paridade. Mesmo com a alta da abertura de hoje, o derivado continua em cenário de baixa.

Etanol

Com a queda da gasolina e por estar acima da paridade histórica para o período, o etanol tem boas probabilidades de seguir uma tendência de queda nas usinas para o curto prazo.

Ficou com alguma dúvida sobre esse relatório? Quer saber a melhor recomendação de compra para seu perfil de posto? Entre em contato com a gente:
Whatsapp
:  11 95130 7391.

Ou cadastre-se no nosso app e, além de receber esse relatório diariamente, você acessa preços de mais de 20 distribuidoras do mercado: clique em  https://prontocombustiveis.online/PanoramaMercado

O Panorama Pronto é realizado pela equipe de Inteligência de Mercado do Pronto Combustíveis. Monitoramos diversos índices nacionais e internacionais bem como o mercado de distribuição de combustíveis.
São projeções e orientações baseadas nesses estudos.
Em geral, nossas previsões estão em linha com o que tem acontecido, mas vale reforçar que, como qualquer previsão econômica, não são certeza que irão acontecer.
É uma ferramenta para ajudar o mercado a programar melhor suas compras.

Deixe uma resposta

error: Content is protected !!