Índices sobem com tempestade no Golfo, mas tendência de queda parece não ter ido embora.

Esta imagem possuí um atributo alt vazio; O nome do arquivo é a0f84-1hrwaxki9cedzj7opx9dkpa.jpeg
Quarta-Feira, 28 de Outubro de 2020

Cenário

Após dias seguidos de queda na cotação, os índices conseguiram subir bem com mais uma tempestade interrompendo parte da produção de petróleo no Golfo do México. Porém, parece que tal fundamento não foi o suficiente para mudar a tendência da commodity, uma vez que, na abertura de hoje os índices já apresentavam queda maior do que -3%.

Apesar de vários bancos de investimentos falarem sobre uma provável apreciação do câmbio nas próximas semanas, o pessimismo com a eleição presidencial americana e a segunda onda de contágio na Europa, está falando mais alto. Os investidores ainda procuram ativos com baixo risco. Deste modo, dólar teve alta de 1,46% e fechou em R$5,71.

A gasolina do Golfo fechou em alta de 1,92%. O spread terminou o dia em -R$0,16, com o prêmio de -8,6%. O spread se encontra um pouco acima do equilíbrio. Porém, caso a queda da abertura de hoje continue, o combustível voltará para o equilíbrio.

Fique atento às mensagens de alerta da Pronto durante o dia!

O diesel apresentou alta de 3,80%. O spread fechou o dia em -R$0,16, com o prêmio de -8,6%. Lembrando que o diesel costuma ficar acima da paridade, o combustível se encontra acima da paridade. Porém, o índice apresentava queda de -2,5% na abertura de hoje.

O etanol apresentou alta de 0,4% nas usinas. O valor de R$2.115,50/m³ transmite uma preço de R$2,58-R$2,60 na base e representa uma paridade de 72% em relação a gasolina C. Deste modo, continuamos consideramos o atual patamar do hidratado muito esticado e sem expectativa de alta para o curto prazo.

O açúcar avançou 1,87% na bolsa de Nova York.

Análise

Gasolina
A PB tem o histórico de deixar o spread entre -R$0,05 e -R$0,07 centavos, segundo a série histórica de preços da petroleira desde 2017. Desta forma, o spread de -R$0,16 deixa a PB acima do equilíbrio.

Porém, a queda na abertura de hoje é forte e leva o combustível para o equilíbrio, novamente.

Diesel
O spread no diesel está próximo da paridade internacional e o último ajuste foi feito há apenas 2 dias. Além disso, o resultado do leilão 76 de biodiesel tem expectativa de impactar positivamente o preço do combustível em Novembro.

Etanol

Após a redução da gasolina A, os preços das usinas passaram da paridade de 72%. Não há fundamento estrutural para que o preço do hidratado suba. O mercado está bem travado, onde o preço nas usinas não encaixa com a demanda dos revendedores.

Ficou com alguma dúvida sobre esse relatório? Quer saber a melhor recomendação de compra para seu perfil de posto? Entre em contato com a gente:
Whatsapp
:  11 95130 7391.

Ou cadastre-se no nosso app e, além de receber esse relatório diariamente, você acessa preços de mais de 20 distribuidoras do mercado: clique em  https://prontocombustiveis.online/PanoramaMercado

O Panorama Pronto é realizado pela equipe de Inteligência de Mercado do Pronto Combustíveis. Monitoramos diversos índices nacionais e internacionais bem como o mercado de distribuição de combustíveis.
São projeções e orientações baseadas nesses estudos.
Em geral, nossas previsões estão em linha com o que tem acontecido, mas vale reforçar que, como qualquer previsão econômica, não são certeza que irão acontecer.
É uma ferramenta para ajudar o mercado a programar melhor suas compras.

Deixe uma resposta

error: Content is protected !!