Alta na inflação dos EUA faz ativos de risco caírem e câmbio subir

Esta imagem possuí um atributo alt vazio; O nome do arquivo é a0f84-1hrwaxki9cedzj7opx9dkpa.jpeg
Quinta-Feira, 13 de Maio de 2021

Cenário

Após uma forte alta no mercado de petróleo em consequência da contínua redução de oferta ocasionada pelo fechamento do duto no Golfo do México, a divulgação de forte alta na inflação dos EUA fez com que todo o mercado adotasse cautela. Com a divulgação do dado inflacionário, as principais bolsa do mundo fecharam no negativo e o dólar ganhou força frente as moedas emergentes. Deste modo, na abertura de hoje os índices apresentavam forte queda.

Diante de forte volatilidade no mercado financeiro em decorrência da forte inflação divulgada nos EUA no último mês, o dólar adotou alta e variou 1,64%, cotado em R$5,31.

A gasolina do Golfo apresentou alta de 0,98%. Porém, na abertura de hoje os índices apresentavam forte queda. Nessa manhã o spread estava em –R$0,04 com o prêmio de -1,5%. A gasolina ainda se encontra próxima ao equilíbrio.

Fique atento às mensagens de alerta da Pronto durante o dia!

O Heating Oil apresentou alta de 1,36%. O spread está em -R$0,07 com o prêmio de –2,6%. O combustível está abaixo da paridade internacional, mas com pouca margem para novos reajustes.

A Esalq apresentou queda de -0,32%. A paridade caiu para 79,2%. A média das negociações está na casa dos R$3,68.

O açúcar equivalente apresentou alta de 0,18%. O prêmio em relação ao etanol está na faixa de 4%. O etanol está rentabilizando próximo ao nível do açúcar, algo que não acontecia desde março de 2020.

Análise

Gasolina
A PB tem o histórico de deixar o spread entre -R$0,05 e -R$0,07 centavos, segundo a série histórica de preços da petroleira desde 2017. Desta forma, o spread em -R$0,04 faz com que a Petrobras esteja perto do equilíbrio com o mercado internacional.

Os índices abriram em forte queda hoje e o dólar está com tendência de alta pela maior volatilidade nos mercados internacionais.

Desta forma, nossa recomendação é de compras moderadas/máximas para a gasolina.

Diesel

O spread de –R$0,07 deixa o combustível doméstico abaixo do equilíbrio com o internacional, mas com pouca margem de reajuste.

A movimentação do dólar também poderá impactar o Diesel. Os índices apresentavam forte queda nessa manhã.

Em consequência do equilíbrio, a indicação é de compras moderadas/máximas para o diesel.

Etanol

Muitas usinas estão entrando no mercado de etanol. Porém, o volume disponível continua limitado e os preços estão conseguindo se manter em patamares altos.

Por outro lado, vimos uma pequena retração nos valores da Esalq. Essa queda pode sinalizar que o pico de alta já foi atingido.

De maneira conservadora, indicamos compras moderadas/mínimas para o etanol.

Ficou com alguma dúvida sobre esse relatório? Quer saber a melhor recomendação de compra para seu perfil de posto? Entre em contato com a gente:
Whatsapp
:  11 95130 7391.

Ou cadastre-se no nosso app e, além de receber esse relatório diariamente, você acessa preços de mais de 20 distribuidoras do mercado: clique em  https://prontocombustiveis.online/PanoramaMercado

O Panorama Pronto é realizado pela equipe de Inteligência de Mercado do Pronto Combustíveis. Monitoramos diversos índices nacionais e internacionais bem como o mercado de distribuição de combustíveis.
São projeções e orientações baseadas nesses estudos.
Em geral, nossas previsões estão em linha com o que tem acontecido, mas vale reforçar que, como qualquer previsão econômica, não são certeza que irão acontecer.
É uma ferramenta para ajudar o mercado a programar melhor suas compras.

Deixe uma resposta

error: Content is protected !!